Rádio Universidade FM presta homenagem a Nelson Cavaquinho

Joel Jaconto e Kadu Freitas

O programa Samba Pede Passagem  deste sábado, 30, presta homenagem a um dos maiores sambistas do Brasil: Nelson Cavaquinho. Começa meio-dia.

O cantor e compositor da velha guarda da Mangueira nasceu em 29 de outubro de 1911, no Rio de Janeiro, morreu em 1986, aos 74 anos, no Rio de Janeiro, mas sua voz rouca, suas músicas sombrias – que falam de desamores, despedidas e morte – ainda desnorteiam: não há em Nelson nenhum resquício do estereótipo do samba como uma música alegre, feita para agradar.

Nelson teve, desde cedo, uma relação familiar com a música: seu pai tocava tuba na banda da polícia e, ainda menino, Nelson Antônio da Silva construiu seu pequeno cavaquinho, com barbantes e uma caixa de madeira. O instrumento de brincadeira acabou virando sobrenome.

Nelson Cavaquinho deixou uma vasta e poética obra, com mais de 400 músicas. Algumas, que se tornaram clássicos da MPB como A Flor e o Espinho, Folhas Secas, Juízo Final, Quando eu me Chamar Saudade , Minha Festa e Luz Negra.

O programa Samba Pede Passagem tem a produção e apresentação do jornalista Joel Jacinto, e que divide abancada com o jovem estagiário de comunicação do curso de Rádio e TV , da UFMA, Kadu Mendes, filho do jornalista e roteirista Claudio Farias. Fiquem ligado na 106,9 Mhz.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos