Festival da Cultura Japonesa de Salvador acontece neste fim de semana, no Parque de Exposições

 

Evento retorna presencialmente após pausa de dois anos por conta da pandemia da Covid-19, com o tema Ganbarimashou, que em japonês significa “vamos fazer o nosso melhor”

SALVADOR – Entre os dias 26 e 28 de agosto, o Parque de Exposições de Salvador receberá o XIV Festival da Cultura Japonesa de Salvador 2022, que nesta edição recebeu um tema especial o “Ganbarimashou” que significa “vamos fazer o nosso melhor” ou “vamos em frente, juntos”. A iniciativa é uma promoção do Ministério do Turismo e o Estado da Bahia e contará com uma programação extensa repleta de música, dança, artes marciais, atividades lúdicas, exposição, gastronomia, oficinas e palestras. A expectativa é que o evento reúna público superior a 50 mil pessoas nos três dias de programação.

Os ingressos estão disponíveis para compra nos principais shoppings da cidade (Balcão de Ingressos, lojas Pida e Pagoda) e através da plataforma online Ticket Maker. A relação completa dos locais pode ser consultada no site do evento. Aqueles que comprarem os ingressos até a próxima quinta-feira, 25/08, poderão aproveitar os preços promocionais de R$10 (sexta-feira) e R$ 15 (sábado e domingo), exceto crianças de até oito anos que não pagam.

O evento apresenta o dublador Charles Emmanuel, conhecido dos fãs de animes, cartoons e filmes brasileiros, que estará pela primeira vez no Festival. Ele se apresenta na sexta-feira, 26/08, às 19h, em um bate-papo sobre o seu trabalho e o processo criativo das vozes dos personagens Rony Weasley (Harry Potter), Ben 10 e o Perna-de-Peixe (Como Treinar seu Dragão). Logo em seguida, se apresenta o beatboxer japonês Reatmo, às 20h. Ambos são atrações do palco Haru.

No espaço Bon Odori e Artes Marciais, o público vai apreciar exibições de danças, workshops e lutas como karatê, judô, sumô e kendô. Já no espaço Logenvidade serão apresentadas demonstrações de gateboll e o kenkotaisso com ginástica para saúde. No XIV Festival, os visitantes participam de Oficinas Culturais (origami, kirigami, culinária e bonsai), Expoagro (mostra e venda de produtos agrícolas), Espaço de Beisebol (estrutura para treino de arremessos e rebatidas), estandes para venda de produtos (games, vestuário, mangás e artesanais) e Showroom (automotivos, eletrodomésticos e produtos orientais).

Durante a programação, o público ainda pode desfrutar de uma oferta gastronômica variada, com pratos tradicionais da culinária japonesa, com a presença de mais de 20 restaurantes de sushi, tempurá, udon e lamén, entre outros pratos. O festival ainda apresenta grandes nomes da gastronomia japonesa com a presença dos chefs Marlene Fukushima, Mary Sugimoto, Rodrigo Ávila e do sushiman André Matias.

O projeto é realizado através da Lei Federal de Incentivo à Cultura com patrocínio das empresas Brasquímica, Mondial e Gazin, em conformidade com a Lei nº 7.015, de 09 de dezembro de 1996, do Estado da Bahia. O Festival é promovido pela Associação Cultural Nippo-Brasileira de Salvador – Anisa e Promoção ANISA e com realização através da Secretaria Especial da Cultura, do Ministério do Turismo.

Mais informações: http://www.bonodorisalvador.com.br/ 

SERVIÇO 

Bon Odori – XIV Festival de Cultura Japonesa de Salvador 

Local: Parques de Exposições de Salvador

Av. Luis Viana Filho, 1222, Itapuã, Salvador-BA;

Dias e horários: sexta-feira (26/08, das 12h às 22h), sábado (27/08, das 10h às 22h) e domingo (28/08, das 10h às 21h);

Ingressos antecipados: R$10 (26/08) e R$15 (27 ou 28/08);

Mais informações: http://www.bonodorisalvador.com.br/

Instagram: https://www.instagram.com/bonodorissa/

(Com informações da Assessoria)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos