Chef maranhense brilha na A Casa do Porco, considerado um dos melhores restaurantes do mundo.

(Foto: Maurício Capella)

O The World’s 50 Best Restaurants, considerado o Oscar da gastronomia, na edição do ano passado de seu tradicional ranking dos 50 melhores restaurantes do mundo, A Casa do Porco, situado no centro de São Paulo, ficou na 17ª colocação, sendo o único brasileiro da lista. 

O restaurante também foi a casa brasileira mais bem colocada na edição 2021 do ranking francês La Liste, entre outras premiações.

O restaurante segue a proposta de servir alta gastronomia caipira, destacando-se pelo menu degustação de oito etapas – com pratos que vão desde embutidos próprios e torresmo de panceta com goiabada a tartar de porco, sushi de papada e o Porco San Zé, assado lentamente por oito horas.

O administrador e técnico de som Maurício Capella ao lado desta editora, Vanessa Serra.

Em breve passagem pela capital paulista, vivenciamos essa experiência gastronômica, tendo no dia a cozinha no comando de Karlena Dorneles, chef maranhense, integrante da equipe de Jefferson Rueda, proprietário d´A Casa do Porco.

Todos os detalhes com muito charme para apreciar os sabores únicos de todos os pratos até o cafezinho, sugerido por um atendimento impecável do garçom Lourival.

Confiram a dica e sigam @acasadoporcobar. Antes de visitar, façam a reserva.

 

(Da redação)

One Response

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos