Alê Abreu fala sobre o audiovisual brasileiro e comenta o processo de criação de Perlimps no Encontros de Cinema  

Alê Abreu

Animação recém-lançada do diretor é exibida na íntegra antes de um bate-papo entre ele e o público. Dedicada integralmente ao cinema brasileiro, a programação mensal do Itaú Cultural convida profissionais do setor para debater a produção audiovisual no país, com proposta formativa para jovens estudantes e interessados no tema. 

No dia 25 de abril (terça-feira), às 19h, o Itaú Cultural realiza a segunda edição da série Encontros de Cinema com a participação do premiado diretor e roteirista Alê Abreu. Realizada sempre na última terça-feira de cada mês na Sala Vermelha, no terceiro andar da instituição, a programação tem como objetivo promover um espaço permanente de reflexão e troca sobre o audiovisual brasileiro. Indicado ao Oscar com seu filme O menino e o Mundo (2013), disponível para assistir na plataforma de streaming Itaú Cultural Play, Abreu completa 30 anos de carreira como um dos nomes mais importantes do cinema de animação no país.

Em Encontros de Cinema, ele fala com o público na sequência da exibição de Perlimps. A reserva de ingressos para assistir ao filme e acompanhar o bate-papo estão disponíveis na plataforma INTI, por meio do site da instituição, www.itaucultural.org.br.

Natural de São Paulo, o diretor de 52 anos começou a se destacar no gênero com o lançamento do curta-metragem Espantalho (1993). Sua obra venceu 12 prêmios, entre eles o de melhor animação nacional do AnimaMundi 98 em São Paulo e no Rio de Janeiro. Em 2007, estreou no mesmo festival seu primeiro longa-metragem, Garoto Cósmico (2007), com o qual conquistou o prêmio de melhor animação pela Academia Brasileira de Cinema.

O trabalho de Abreu ganhou notoriedade internacional em 2014, ano em que seu longa-metragem O menino e o mundo (2013) recebeu o Crystal Awards – prêmio máximo no mais importante evento de animação do mundo, o Festival de Annecy, na França. Dois anos depois, em 2016, o filme concorreu ao Oscar de melhor longa-metragem de animação. Seu mais recente filme, Perlimps, estreou nos cinemas brasileiros em fevereiro de 2023.

O filme 

Em uma explosão de cores que unem imaginação infantil e reflexões maduras na forma de fábula, Perlimps é uma história de aventura mítica em uma floresta densa, habitada por criaturas mágicas que se unem para combater o mal. Embora sejam de reinos animais rivais, Claé e Bruô, dublados por Giulia Benite e Lorenzo Tarantelli, se juntam para salvar o bosque encantado da ameaça das máquinas mortíferas. Eles precisam somar as suas forças para localizar os Perlimps, seres mágicos que podem ajudar a salvar o mundo dos gigantes.


SERVIÇO:  

Encontros de cinema 

Exibição do filme Perlimps e bate-papo com o diretor Alê Abreu

25 de abril (terça-feira), às 19h 

Sala Vermelha (3º andar do Itaú Cultural)

Capacidade: 70 pessoas

Duração: 150 minutos (100 minutos do filme + 50 minutos do debate)

Classificação Indicativa: Livre

Reservas pela plataforma INTI (acesso pelo site www.itaucultural.org.br)

 

 

(Da redação com informações da Assessoria)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

DIÁRIO DE BORDO NO JP

Vanessa Serra é jornalista. Ludovicense, filha de rosarienses.

Bacharel em Comunicação Social – habilitação Jornalismo, UFMA; com pós-graduação em Jornalismo Cultural, UFMA.

Atua como colunista cultural, assessora de comunicação, produtora e DJ. Participa da cena cultural do Estado desde meados dos anos 90.

Publica o Diário de Bordo, todas as quintas-feiras, na página 03, JP Turismo – Jornal Pequeno.

É criadora do “Vinil & Poesia” que envolve a realização de feira, saraus e produção fonográfica, tendo lançado a coletânea maranhense em LP Vinil e Poesia – Volume 01, disponível nas plataformas digitais. Projeto original e inovador, vencedor do Prêmio Papete 2020.

Durante a pandemia, criou também o “Alvorada – Paisagens e Memórias Sonoras”, inspirado nas tradições dos folguedos populares e lembranças musicais afetivas. O programa em set 100% vinil, apresentado ao ar livre, acontece nas manhãs de domingo, com transmissões ao vivo pelas redes sociais e Rádio Timbira.

PIX DIÁRIO DE BORDO SLZ
Publicidade

Publicidade
Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Publicidade

Arquivos